quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Covardia

Eu estou trancada em casa...
Eu estou deitada no conforto do meu quarto...
Mais precisamente na minha rede de casal, verde musgo, sol a sol, com varanda de crochê, que ganhei da minha mãe.

Ante mim um portão com chave e cadeado, e uma porta de madeira maciça trabalhada, com placas de vidro.
Eu estou aqui escondida no meu mundinho perfeito...
No mundinho de perfeição que criei pra mim e meu filho...
Eu estou camuflada e com o celular desligado. Enquanto lá fora problemas rugem, gritam, sufocam...
Eu me escondo no meu pseudo-castelo de aluguel caro, enquanto pessoas que eu amo gritam por ajuda.
Eu sorrio, eu faço piadas, eu justifico minha ausência. Mas eu sei que sou cobrada e eu sei que estou errada.
Eu entro em casa feliz com os litros de leite, e nata, e queijo, e ovos que ganhei; enquanto alguém próximo a mim se recusa a alimentar-se.
Porém alguém distante o bastante pra eu evitar tentar persuadir da sua intenção de morte rápida. Alguém que tem um muro de pessoas céticas à conduta que tenho quando vou visitá-la: de trazer alegria, de ver um filme, de levantar da cama, de dar um banho de valor anual. Só eu sei como me doeu ser criticada por tentar ajudar.
Devido à isto eu abandonei a causa, e estou tendo um ato covarde.
Eu tenho que me redimir depois...Em outra vida.
Por enquanto, eu peço desculpa do fundo do coração...Por que agora eu já não consigo sair do meu 'conforto' particular.

4 comentários:

♥♥NaNnA BeZeRrA♥♥ disse...

Paulinha, querida. Eu te avisei sobre o selinho que dei para seu blog? Não? Ai meu Deus...hihihihi

O selo (BLOG DE OURO) está na coluna da direita do meu blog. Busca lá, gata.
beijo e um queijo.

BLOG NaNnA BeZeRrA

Paula disse...

Tinha naum!!!!
Obrigada!!!
bjo.

Paula disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Crica Viegas disse...

Todos temos momentos de recolhimento e todos em algum momento somos mal interpretados ou até mesmo mal tratados por ter feito algo por alguém...mas já já vc volta a ver o sol ao vivo...